O TATO DOS GATOS

Por Joice Peruzzi, médica veterinária especialista em Comportamento Animal.  

http://www.petestar.com.br

Publicado na Revista Pulo do Gato, edição 78, Novembro/Dezembro 2013.

veterinario gatos caxias 81

Assim como a visão e o olfato, o tato é um importante sentido para o espírito caçador dos bichanos, além de preveni-los contra situações dolorosas.   

        O que seria de nossa rotina sem o “momento carinho do dia”? Afagar os bichanos é uma terapia e a interação com eles é fundamental para o bem-estar da relação gateiro-gatinho. Mas você já imaginou fazer um carinho no seu filhote de quatro patas e ele não apresentar nenhuma reação? Seria estranho, não? Então agradeça ao tato, pois é através desse sentido que o felino reconhece os estímulos externos e reage a eles.

          Os sensores táteis espalhados pelo corpo do gato podem trazer informações de temperatura, pressão, toque, texturas, vibrações, velocidade e direção de correntes de ar, auxiliando nas atividades diárias, como a caça, e garantindo a sua sobrevivência graças ao sistema de termorregulação e da percepção da dor.

DESENVOLVIMENTO

          O tato é um dos sentidos presentes nos gatinhos recém-nascidos (neonatos), juntamente com o olfato, devido à sua importância na orientação do filhote para encontrar a mãe e os irmãos. Através do reflexo de fossamento, que associa os sentidos do tato e do olfato, o gatinho fuça à procura do seio da gata para mamar.

        A regulação térmica no recém-nascido é insuficiente, por isso a gata tem cuidado intensivo nos primeiros dias da vida, mantendo todos os filhotes aquecidos e juntos de si.

       Conforme o filhote cresce, há um maior desenvolvimento dos outros sentidos e também do tato.

CARINHO

         Batidas delicadas e afagos são as carícias favoritas dos gatos, pois estimulam os receptores táteis de todo o seu corpo. A tolerância ao carinho e preferências quanto ao tipo de carícia variam individualmente, e dependem de diversos fatores, como idade de desmame, socialização e genética.

           A maioria dos gatos não tolera ser apertado, apenas segurado firmemente e com seu apoio assegurado. Para a maioria dos procedimentos com gatos é indicada a contenção mínima.

VIBRISSAS: OS FAMOSOS BIGODES

         Além dos receptores táteis presentes em todo o corpo do gato, existem pelos modificados que também atuam como grandes receptores ambientais: as vibrissas, vulgo bigodes.

            Os gatos possuem vibrissas nas seguintes regiões: bucal, bochechas, acima dos olhos, queixo, carpos (região das patinhas).

            Cada uma das vibrissas possui folículo próprio que é cinco vezes maior que o folículo de um pelo comum, preenchido com sangue e com muitos receptores neurais, além de ter musculatura própria que possibilita a sua movimentação.

          Esse sistema permite ao gato captar as mais leves mudanças nas correntes de ar, o que o ajuda na locomoção, especialmente no escuro, e a caçar. O menor movimento de uma presa próxima ao gato pode ser captada por suas vibrissas, facilitando a caça em situações de visão comprometida.

           A perda das vibrissas torna o gato mais dependente da visão para a caça, mas não o deixa em desequilíbrio ou desestabilizado como muitos afirmam. De qualquer forma, por ser um importante meio de localização em determinadas circunstâncias, o corte das vibrissas não é indicado.

DOR

          Outra função importante dos receptores táteis é afastar o gato de situações que causem dor, ou seja, quando há a percepção de uma lesão tecidual de qualquer origem. O limiar de dor varia de gato para gato.

TEMPERATURA

Os gatos têm menor sensibilidade ao calor do que os humanos. No entanto, há uma importante sensibilidade nasal a mudanças pequenas de temperatura.

Reações de evitação são observadas a partir de 51‘’C (em humanos essas reações aparecem em torno de 44‘’C).

Essa falta de sensibilidade é o que faz alguns bichanos procurarem o calor de um motor de carro ou a proximidade do fogo, chegando a chamuscar seu pelo sem desconforto maior.

Anúncios

FELICES FIESTAS 2013 – 2014!!!!

“Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um individuo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
(…)
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez com outro numero e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente. “
(Carlos Drummond de Andrade)

image

PRESTE ATENÇÃO AOS SINAIS DE DOENÇA DO SEU GATO

 postado por M.V. Raquel Redaelli

www.geekcats.com

Como proteção os gatos evitam demonstrar fragilidade, dor e mal-estar, Por instinto tendem a disfarçar e se esconder, motivo pelo qual as doenças muitas vezes são percebidas em estágios avançados.

Alguns sinais podem ser sutis, mas podem revelar alterações na saúde:

emagrecimento,    obesidade,    olhar profundo,    pelos opacos e eriçados,   polidipsia (ingerir mais de 100ml por Kg de peso de água ao dia),   poliúria (urinar em excesso),    agitação e/ou “mau-humor”,    vômitos frequentes,    urinar ou defecar em locais inadequados

Se perceber alguma dessas alterações, procure o médico veterinário para fazer um check-up. Melhor ainda: faça avaliações periódicas para detectar doenças precocemente! O ideal é uma visita anual ao veterinário.

HAPPY HALLOWEEN!!! DIA DAS BRUXAS x GATO PRETO

halloween

DIA DAS BRUXAS X GATO PRETO

http://carosfelinos.blogspot.com.br/2010/10/dia-das-bruxas-x-gato-preto.html

Não é de hoje que algumas pessoas envolvem mitos e superstições sobre gatos pretos. Ao longo da história gatos pretos traziam má ou boa sorte, anunciavam mortes, infelicidades. E, o pior, é que tem gente que acredita e aproveita para desforrar o termo ‘travessuras’ em cima dos pobrezinhos.
 

Hoje, Halloween ou no Brasil, Dia das Bruxas, é fácil assimilar a data com a figura do bichano de coloração preta. Mas cuidado para se deixar levar por tal tradição, que foi modificada com o tempo, as culturas, países, pessoas, enfim… que é um crime disfarçado de tradicionalismo.

Então, nada de superstições, e vamos comemorar a data com o melhor que uma festa pode oferecer…
Beijos e Gostosuras e Travessuras (responsáveis!) para todos…Alguns mitos e curiosidades sobre gatos pretos…

=!= Nos tempos antigos, os gatos pretos eram originalmente idolatrados pelos Egípcios. Acreditava-se que a deusa egípcia Bast assumia a forma de um gato preto. Muitos antigos egípcios adotaram um gato preto na esperança de que ela acabaria por se tornar parte do espírito do animal e, posteriormente, traria riquezas e prosperidade à sua família.

 
=!= Durante o século XV, os gatos pretos começaram a ter uma má reputação como resultado da sua associação com as bruxas. Acreditava-se que as bruxas que tinham um gato preto, depois de mortas encarnariam no gato, preservando assim os seus poderes sobrenaturais que poderiam ser utilizados para feitiços.
 
=!= O rei D. Carlos I, membro da monarquia britânica, possuía um gato preto que ele considerava ser o seu amuleto da sorte, a tal ponto que insistiu que o gato seria vigiado 24 horas por dia. 
 
=!= No Japão o gato preto simboliza boa sorte. Na Escócia, por exemplo, um gato preto à varanda é um forte sinal de riqueza e prosperidade a caminho. 
 
=!= De acordo com a lenda, as mulheres dos pescadores mantinham um gato preto em casa enquanto os seus maridos iam para o mar, para trazer sorte e assegurar o seu regresso em segurança.

CÂNCER DE MAMA EM GATAS – PREVINA!

PUBLICADO NO SITE www.gateiro.com.br, link original http://www.gateiro.com.br/cancer-de-mama-em-gatas/

outubro rosa 3“Estamos no Outubro Rosa, mês de prevenção e combate ao câncer de mama. Toda gateira deve fazer o exame periódico para se proteger, mas poucas pessoas sabem que a doença também acontece em animais. Eu conversei com Dra. Laila Massad Ribas, veterinária e autora do Portal Medicina Felina, sobre o assunto.” Publicado por Thiago, 16/10/13.

Como a doença se caracteriza?

O câncer de mama é um tumor maligno que acomete os tecidos mamários das gatas, das cadelas e das mulheres. Nas gatinhas o tipo de câncer mais comum é o carcinoma. Apesar de ser mais frequente em cadelas, a cada 10 tumores de mama em gatas, entre oito e nove são malignos, ou seja, são cânceres.

Por que a doença acontece?

Na maioria dos casos o desenvolvimento do câncer está relacionado à produção de hormônios pelos ovários. As injeções anticoncepcionais aplicadas em pet shops são hormônios e estão, comprovadamente, relacionadas com o desenvolvimento de câncer de mama nas gatas.

É possível realizar um exame preventivo? Qual seria a técnica? E a periodicidade?

O exame físico das mamas é o melhor método. Ele é feito através da palpação de toda a cadeia mamária dos dois lados. Esse exame deve ser feito anualmente pelo veterinário ou em casa pelo proprietário. Quanto mais cedo detectada a doença, melhor. As vezes o proprietário sente apenas uma bolinha bem firme na mama. Essa bolinha pode ter inicialmente o tamanho de um grão de arroz.

Caso o veterinário detecte a presença de algum tumor nas mamas, ele vai precisar fazer exames como a citologia, a biópsia e exame de raios-x de tórax para ver se não há presença de metástase (etapa em que o tumor se espalha para outros órgãos).

zuca

Há uma pré-disposição para desenvolver a doença a partir da idade?

Sim, as gatinhas com mais de sete anos têm maior predisposição, mas é essa doença pode acometer até mesmo as mais novinhas.

Há predisposição racial?

Sim, as gatas siamesas ou descendentes de siamês possuem duas vezes maior risco de desenvolver o câncer de mama.

A castração evita infecções no útero. Ela também pode ajudar a combater o câncer de mama?

Sim, a castração precoce é o melhor método preventivo do câncer de mama. Quando digo precoce, quero dizer antes do primeiro cio, que pode ocorrer entre cinco e sete meses de vida. Por isso é bom castrar as gatinhas assim que elas acabarem de tomar as vacinas na infância. Se a gata não é castrada, ela tem mais chance de desenvolver esse câncer. A aplicação de anticoncepcional aumenta muito o risco! Nunca aplique esse hormônio na sua gatinha!

Como funcionam os tratamentos para a doença?

O tratamento é baseado na remoção total das mamas. A cirurgia é bastante radical e requer cuidados nos pós-operatório. A quimioterapia pode ser indicada em alguns casos.

Os tratamentos têm eficácia?

Sim, mas isso depende muito da época em que o tumor foi descoberto. Quanto mais cedo melhor!

A doença acontece somente em fêmeas?

Não, aproximadamente de 1% a 5% dos cânceres de mama acometem machos.

outubro rosa 2E nas cadelas?

Nas cadelas os tumores de mama são bem mais frequentes. Entretanto, no caso delas 40% dos tumores são benignos, ou seja, não há potencial para se espalhar para outros órgãos.

COMO CUIDAR BEM DO SEU GATO – OBESIDADE SOB CONTROLE

Da série Resumão, abordando o tema “Como cuidar bem do seu gato”, por C. Pinney.  Confira! www.bafisa.com.br – RESUMÃO

OBESIDADE SOB CONTROLE – GATO EM FORMA

Imagem4# O gato é considerado obeso quando o excesso de peso atrapalha sua via, impedindo-o de pular ou brincar. O peso ideal é difícil de estabelecer, uma vez que depende da raça e do tamanho. Normalmente oscila entre 2,5 e 10 quilos.

# Pesar em casa somente o gato é tarefa árdua. A solução é você se pesar em uma balança caseira e depois fazer o mesmo segurando o gato no colo. Subtraindo a segunda pesagem da primeira, você saberá o peso do animal.

# A obesidade é causada por gulodice, excesso de comida e falta de exercício.

# O excesso de peso predispõe o gato a distúrbios hepáticos, diabetes, hipertensão e doenças articulares.

# Cortar a quantidade de comida que você oferece as seu gato não basta:

  1. Evite também guloseimas e petiscos.
  2. A escassez de comida pode levar a deficiências nutricionais.

# Para conseguir que seu gato perca peso, alimente-o com ração específica para dieta de baixa caloria indicada pelo veterinário.

  1. Esse tipo de ração é rico em fibras e pobre em calorias, mas mantém seu gato saciado.
  2. A dieta deve ser rica em aminoácidos, que promovem a perda de peso.
  3. A quantidade recomendada, variável conforme a marca da ração, depende do peso a ser alcançado. A perda de peso deve ser de 1% por semana até o período de quatro meses. Pese o gato toda semana para que você avalie os progressos alcançados.
  4. Aumente a atividade física do gato. Como gatos gostam de brincar, passe mais tempo fazendo isso com ele. Caso o animal esteja habituado à coleira, passeie com ele todos os dias, por dez minutos.

Imagem3

PROVÉRBIOS DE GATOS

PUBLICADO NO SITE http://www.osgatos.com.br

LINK ORIGINAL http://osgatos.com.br/artigos/proverbios-de-gatos.html

É fato que os gatos fazem parte da história e da cultura de muitos países. Por isso, trazemos para você uma seleção de provérbios populares em todo o mundo. Aproveite!

“Você sempre vai ter sorte se você sabe como fazer amigos com gatos estranhos.” Provérbio Colonial

“No olho do gato, todas as coisas pertencem aos gatos.” Provérbio Inglês

“Cuidado com as pessoas que não gostam de gatos.” Provérbio irlandês

“Um gato velho não vai aprender a dançar.” Provérbio marroquino

“À note, todos os gatos são pardos.” Provérbio Norte Americano

“Um gato pode olhar para um rei.” Provérbio Inglês

“Proprietário feliz, gato feliz. Proprietário indiferente, gato solitário.” Provérbio chinês

“Feliz é a casa com pelo menos um gato”. Provérbio italiano

l“O cão para o homem, o gato para a mulher”. Provérbio Inglês

“Eu dei uma ordem para um gato, e o gato me deu a sua cauda”. Provérbio chinês

“Os gatos, moscas e as mulheres estão sempre em seus banheiros”. Provérbio Francês

“Um gato mordido uma vez por uma cobra teme até mesmo corda” Provérbio Árabe

“O gato é a beleza da natureza”. Provérbio Francês

“Livros, gatos e meninas loiras são a melhor decoração para um quarto”. Provérbio Francês